Lista Bolsa Família 2021 – Beneficiários Por Município

Por ser um programa social usado com dinheiro público, o programa Bolsa Família deve ter seu conteúdo de fácil acesso para qualquer cidadão brasileiro. A consulta deve ser liberada para todos através da internet. Confira ao decorrer do artigo sobre a lista Bolsa Família 2021.

Na consulta os nomes dos beneficiários por município e os valores que eles recebem deve estar divulgado nos sites de transparência do governo. Quando o programa foi criado, em 2003, juntamente com ele o governo aprovou a lei nº 10.836 de 2004, em que trata sobre as informações do Bolsa Família como de acesso público.

Lista Bolsa Família 2021

Como são organizados os dados da Lista do Bolsa Família

O Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome é o órgão que administra o programa Bolsa Família, atualiza os dados e a lista Bolsa Família de todos os anos e disponibiliza em seu site para consulta de qualquer brasileiro. Outro local em que os dados podem ser acessados é o Portal da Transparência do Governo Federal.

O acesso a esses dados do programa é uma forma de controle da sociedade, em que qualquer um pode consultar. Caso algum cidadão encontre alguma irregularidade nos dados do programa, ele pode denunciar. É uma forma do cidadão saber para onde está indo o seu dinheiro.

O cidadão terá acesso ao nome do responsável do benefício, o seu número de identificação social – mais conhecido como Número NIS – e o valor que ele recebe. A atualização dos beneficiários é mensal. Ou seja, de mês em mês pode surgir mais beneficiários ou cancelamento de existentes.

A atualização deve ser feita pelo departamento responsável do programa Bolsa Família de cada município.


Como Consultar a Lista Bolsa Família 2021

Para fazer essa consulta bolsa família é muito simples. Primeiramente, para que esse passo a passo funcione corretamente, use o seu navegador Internet Explorer, somente ele consegue abrir os dados corretamente.

  • Entre no site da Caixa Econômica Federal – www.caixa.gov.br;
  • Entre na parte em que está escrito “Benefícios e Programas”, depois “Bolsa Família”.
  • Nesta parte você poderá escolher em consultar por Estado, município ou por família.
  • Pelo Estado, você escolhe qual Estado deseja saber informações, qual mês e clicar em “Consultar”
  • Lá aparecerá quantas famílias são beneficiadas naquele Estado e qual a quantia repassada pelo governo.
  • A consulta por município acontece da mesma forma. Escolha a cidade e o mês que quer informações e clique em “Consultar”.
  • Abrirá as famílias que recebem naquele município juntamente com o valor recebido.
  • Para consultar a família que recebe a renda extra, é preciso digitar o número de identificação social do responsável daquela família e seu nome completo.
  • O sistema irá mostrar qual a situação do programa para aquela pessoa, sua data de nascimento e a cidade.

Lisa de Beneficiários Bolsa Família no Portal da Transparência

Essa é uma maneira muito simples de conferir quem recebe o Bolsa Família por cidade. Para isso, você deve:

É possível conferir informações sobre o benefício a partir do ano de 2004 até o ano atual.

Agora, será disponibilizada uma lista com os estados brasileiros, selecione aquele que contém a cidade desejada.

Após isso, aparecerá a lista de cidades do estado escolhido, você deve então clicar na qual deseja ter maiores informações.

Por meio dessa consulta, são exibidos valores recebidos em cada ano e mês pelas famílias beneficiadas. Ainda é disponibilizado a data de liberação do Bolsa Família e quando o saque foi realizado.

Bolsa Família

O Programa Bolsa Família nasceu em 2003 com o objetivo de garantir o direito à alimentação, saúde e educação as famílias que vivem na pobreza ou na extrema pobreza. O Bolsa Família é conhecido como um programa de transferência de renda.

Essas famílias recebem essa renda extra com o intuito de conseguir uma oportunidade de sair da situação da pobreza e vulnerabilidade. Os últimos dados do Governo Federal revelam que mais de 14 milhões de famílias recebem o Bolsa Família. Ou seja, cerca de 50 milhões de pessoas são beneficiadas com este programa social.

Para conseguir participação do programa não basta viver na pobreza ou na extrema pobreza. É preciso cumprir outros requisitos para cadastramento e no pós-recebimento do programa.

O que fazer se ver alguém recebendo indevidamente?

Se você encontrar alguém que não deveria estar recebendo o benefício com o nome na lista, entre em contato com a gestão municipal.

Ou então, ligue ao MDS pelo número 0800 707 2003 e informe os dados da família.

Calendário FGTS 2021

Recentemente o Governo Federal anunciou a liberação para saque do saldo inativo das contas do FGTS do trabalhador brasileiro, que deve começar a partir de março, de acordo com o calendário FGTS 2021. Esse calendário, segundo anunciado, deve distribuir as datas de pagamento de quem tem conta inativa do fundo de garantia desde dezembro de 2015, a partir de março de 2017, e os pagamentos devem ser distribuídos de acordo com a data de nascimento do trabalhador, confirme anunciado.

Veja abaixo a tabela de pagamentos do FGTS, e confira quando será liberado o pagamento do seu fundo de garantia.

Calendário FGTS 2021
Calendário FGTS 2021

Calendário FGTS 2021 de pagamentos

O calendário de pagamentos do Fundo de Garantia foi divulgado pela Caixa Econômica Federal na segunda semana de fevereiro, através do Portal Brasil. O calendário de pagamentos do FGTS estabelece as datas de pagamento para quem tem conta inativa desde 31 de dezembro de 2015. Veja abaixo as datas de pagamento do calendário:

Calendário FGTS 2021
Recebem a partir: Quem Nasceu em:
10 de Março Janeiro / Fevereiro
10 de Abril Março / Abril / Maio
12 de Maio Junho / Julho / Agosto
16 de Junho Setembro / Outubro / Novembro
14 de Julho Dezembro

Segundo estimativas da Caixa Econômica Federal, mais de 23 milhões de trabalhadores brasileiros vão ser beneficiados com o saque das contas do FGTS inativo. Segundo a presidência da República, o saque foi liberado para injetar dinheiro na economia, ajudando o brasileiro a quitar dívidas.

Quem pode sacar o FGTS Inativo?

Segundo o anúncio do presidente Michel Temer, o saldo das contas do fundo de garantia será liberado para todos os trabalhadores brasileiros com saldo no fundo de garantia inativo desde 31 de Dezembro de 2015.

Saldo inativo é, segundo esclarecimento da Caixa Econômica Federal, o saldo de contas do FGTS que não recebe mais depósitos. Ou seja, contas do FGTS de empregos anteriores, que o trabalhador foi demitido, mas não teve a oportunidade de sacar o fundo de garantia. Vale lembrar que em cada emprego, é aberta uma nova conta do fundo de garantia do trabalhador. Portanto mesmo que o trabalhador esteja empregado com carteira assinada, ele pode ter saldo a receber de empregos anteriores, desde que respeite as datas de saque do calendário FGTS 2021.

Continuam tendo direito a sacar o fundo de garantia todas as classes que anteriormente tinham direito ao saque do benefício:

  • Aposentados;
  • Quem foi demitido sem justa causa;
  • Quem quer usar o saldo para financiar a casa própria;
  • Vítimas de enxurradas;
  • Vítimas de doenças graves, como câncer ou HIV;
  • Falecidos.

Todos os grupos listados acima continuam tendo direito ao saque do benefício a qualquer momento, sem precisar aguardar as datas do Calendário FGTS Inativo.

Qual o valor do FGTS Inativo?

Segundo anuncio do Governo Federal, trabalhador poderá sacar o valor integral do FGTS inativo – ou seja, não existe limite de saque. Para saber quanto você tem nas contas do fundo de garantia, basta baixar o aplicativo FGTS Caixa, disponível gratuitamente em todas as plataformas de telefones celulares. Clique aqui para baixar o aplicativo.

Para realizar a consulta saldo FGTS pelo do aplicativo do fundo de garantia pelo aplicativo da Caixa, basta ter esses dados:

  • Número do PIS – presente no cartão cidadão e na carteira de trabalho;
  • Senha da internet – pode ser criada no próprio aplicativo.

Pedi demissão, posso receber o FGTS?

Se você trabalhava com carteira assinada, e pediu demissão em 2016, ou em 2017, não terá direito a receber o fundo de garantia. Se a sua demissão foi pedida em 2015 ou anteriormente, você então tem direito a receber o fundo de garantia.

ATENÇÃO: Vale reforçar que se você pedir demissão agora, terá direito a receber o saldo do fundo de garantia pelo calendário do FGTS Caixa.

Calendário PASEP 2021: Como Consultar PASEP

O Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público – ou simplesmente PASEP – teve sua criação na década de 1970 e foi somente instituído na Constituição no ano de 1988. O objetivo principal do programa é transferir uma quantia em dinheiro para trabalhadores de empresas públicas. Da mesma forma que o PIS, o PASEP paga uma quantia a trabalhadores que se encaixam em alguns requisitos exigidos pelo programa. Esse ano, o valor pago pelo PASEP será correspondente a R$ 1.100,00, e as datas de pagamento desse benefício serão estipuladas de acordo com o Calendário PASEP 2021.

Calendário PASEP 2021
Calendário PASEP 2021

O trabalhador que deseja receber o benefício do PASEP 2021 deve atender a alguns requisitos, tais como:

  • Trabalharem pelo menos por um mês consecutivo em 2019 com registro na carteira.
  • Possuírem cadastro no PIS/PASEP há no mínimo cinco anos.
  • Manterem seus dados pessoais atualizados no relatório de Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).
  • Receberem até dois salários mínimos no ano anterior.

No entanto, essas regras valem somente até 2016, pois a partir do Calendário do PASEP 2017, as regras mudam. Essas foram sancionadas no dia 28 de fevereiro de 2016 e, felizmente, não servem para o calendário do PASEP 2016. Se as regras passassem a ter valor para esse ano, milhares de trabalhadores perderiam o direito ao benefício.

A mais notável das mudanças das regras está relacionada diretamente com o valor pago pelo benefício. Antes, era pago um valor referente a um salário mínimo para os trabalhadores. A partir das novas regras, o valor pago aos trabalhadores será conforme seu tempo de trabalho.


Calendário PASEP 2021

Esse ano, o calendário PASEP não irá seguir os cronogramas dos anos anteriores, que iam de julho a outubro. Dessa vez, o benefício será pago em 12 meses, ou seja, um ano. O benefício PASEP será pago entre julho de 2018 a junho de 2019. Anteriormente eram reservados cerca de 20 milhões de reais para pagar o abono, nesse ano serão usados somente 12 milhões de reais.

Essa medida de corte de gastos foi aprovada pelo Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (CODEFAT), o qual reúne representantes de empresários, funcionários e também do Governo Federal. A mesma teve sua aprovação no dia 2 de julho de 2017.

Tabela de Saques do PASEP 2021 nas agências do Banco do Brasil
Final do PASEP: Podem Sacar em: Podem sacar até:
0 16/07/2020 30/06/2021
1 18/08/2020 30/06/2021
2 15/09/2020 30/06/2021
3 14/10/2020 30/06/2021
4 17/11/2020 30/06/2021
5 19/01/2021 30/06/2021
6 e 7 11/02/2021 30/06/2021
8 e 9 17/03/2021 30/06/2021

Diferentemente do calendário PIS 2021, que paga seus beneficiários de acordo com a data de nascimento do trabalhador, o Servidor Público recebe seu abono salarial de acordo com o final do seu número do NIS.

A medida de corte de gastos feita pelo Governo Federal está afetando e afetará os trabalhadores diretamente. Essa medida deixou diversas Centrais Sindicais desgostadas.

A Força Sindical lançou a seguinte nota comentando o fato: “Ainda mesmo que não satisfeito com todas às atuais dificuldades impostas à classe trabalhadora do Brasil, como o aumento da redução de direitos dos trabalhadores e previdenciários, conquistados ao longo de todos esses anos, o governo vem, nesse momento, com outra articulação para cima de nós trabalhadores, punindo, dessa maneira, a classe trabalhista que possui uma menor renda, e assim um qualidade de vida inferior que as dos demais.”


Qual o Valor do PASEP 2021?

O valor do seu benefício vai depender do tempo de trabalho com carteira assinada. Segundo o Ministério do Trabalho, cada 30 dias, dão direito à 1/12 do valor do abono salarial.

Dessa forma, para ter direito ao benefício completo, o trabalhador precisa ter trabalhado durante todo o ano base (2017) com a carteira assinada.

Confira abaixo o valor do benefício, na tabela de valores divulgada pelo Baco do Brasil:

Total de meses trabalhados Valor a ser recebido
1 R$ 92,00
2 R$ 184,00
3 R$ 275,00
4 R$ 367,00
5 R$ 459,00
6 R$ 550,00
7 R$ 642,00
8 R$ 734,00
9 R$ 825,00
10 R$ 917,00
11 R$ 1.009,00
12 R$ 1.100,00

Quem tem direito ao PIS 2021

Em momentos como esse, quando o desemprego cresce no país, é fundamental a manutenção dos benefícios trabalhistas, para estimular o trabalhador e ajuda-lo a complementar a sua renda. Um desses benefícios é um PIS – ou também conhecido como abono salarial. Esse benefício, pago na forma de um décimo quarto salário, não está disponível para todos os trabalhadores, por isso é fundamental saber quem tem direito ao PIS 2021.

Assim, esse texto vai informar quem tem direito ao abono salarial e o que deve ser feito para adquiri-lo, já que não basta apenas um critério, são vários os conceitos a serem seguidos, para poder usufruir do benefício, acompanhem comigo e saibam mais quem tem direito ao PIS.

Quem tem direito ao PIS 2021
Quem tem direito ao PIS 2021

Quem tem direito ao PIS 2021

Quem quiser obter o PIS, ou como também é conhecido, abono salarial, deve obedecer às seguintes regras:

  • Ter um cadastro no sistema PIS/PASEP do Governo Federal há pelo menos cinco anos. Trabalhadores que tenham menos tempo de cadastro, não terão direito a esse benefício.
  • Para receber o PIS, os trabalhadores também devem ganhar no máximo até dois salários mínimos de média de renda. Quem recebe um valor mensal acima desse teto, também não pode ter direito ao PIS.
  • Outro ponto fundamental é que só tem direito ao PIS, trabalhadores que exercitem suas funções em empresas, ou seja, tenham contratos firmados por pessoas jurídicas, essa é a razão pela qual, as trabalhadoras domesticas, mesmo depois de ganharem uma série de benefícios, ainda não contam com o PIS em suas rendas.
  • Outro aspecto importante é que para receber o PIS, o trabalhador deve estar pelo menos um ano na empresa e ter recebido pelo menos dois salários durante o ano, que é o mínimo de comprovação que se exige, de que aquela pessoa realmente está trabalhando.

Por fim, um último requisito para receber o PIS é que a empresa em que esse trabalhador faz serviços, tenha informado os dados de todos os funcionários para a Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) do ano-base considerado. Os pagamentos estão sujeitos as datas da tabela PIS 2021, que contém as datas de pagamento do benefício.

Essa relação é o documento oficial do Governo, pelo qual, ele controla as pessoas que devem ou não receber PIS. Por isso, se caso você tenha todos os requisitos e mesmo assim não tenha ganho nada, é bom bater um papo com o seu chefe e perguntar o que está acontecendo, pois, você deveria ter sido agraciado com esse bônus de fim de ano, mas acabou não sendo.

Outros trabalhadores que também recebem PIS

Além desse grupo citado, existem outros trabalhadores que também recebem o PIS, mas, não necessitam seguir todas essas regras. São os pescadores em época de Piracema, na qual, eles são proibidos de pescar. E também os agricultores em época de seca comprovada.

Nesses dois casos, o PIS ajuda a pessoa a se manter, já que ela não pode trabalhar e não existe nada que ela possa fazer, a não ser esperar que a chuva volte ou que os peixes se reproduzam.

Diferença entre PIS e PASEP

Os dois benefícios são muito semelhantes: um abono salarial pago ao trabalhador anualmente com o valor de 1 salário mínimo corrente no período de liberação do mesmo. A diferença é que o PIS é pago pela Caixa Econômica Federal aos trabalhadores da iniciativa Privada, enquanto o PASEP é pago aos trabalhadores do setor público através do Banco do Brasil. Até mesmo a tabelas deles é diferente, pois a tabela do PASEP 2021 é paga de acordo com o final do NIS do servidor, e o PIS é pago de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.

Cartão Cidadão 2021

O cartão cidadão é um cartão magnético que facilita a vida do trabalhador para saque de diversos benefícios sociais, tais como bolsa família, seguro desemprego, saque do FGTS e PIS podem ser realizados através do cartão cidadão 2021.

Cartão Cidadão 2021
Cartão Cidadão 2021

Para que Serve o Cartão Cidadão

O cartão cidadão é um cartão emitido é administrado pela a Caixa Econômica Federal, todo e qualquer cidadão brasileiro pode solicitar o documento do trabalhador. Caso você não tenha e venha em algum momento da sua vida precisa realizar o saque de algum benefício social, será necessário comparecer com toda a documentação pessoal e qualquer agencia da Caixa para realizar o procedimento de consulta ou saque. Tendo o cartão cidadão 2021 em mãos o processo de consulta ou saque ser torna mais fácil. Podendo ser realizado em qualquer caixa eletrônico Caixa ou em qualquer casa lotérica.

Através desse cartão, é possível:

  • Realizar consultas de benefícios;
  • Extratos;
  • Sacar o Abono Salarial e;
  • Outros benefícios tais como Seguro Desemprego e Bolsa Família 2021.

Sua aparência física é um cartão magnético, muito parecido com um cartão de banco, debito ou credito.

Quem Pode Solicitar o Cartão Cidadão?

O cartão do PIS só pode ser solicitado por cidadãos que tem saldo do Abono Salarial PIS 2021 a receber, FGTS ou parcelas do seguro desemprego. Vale ressaltar que ser o cidadão não possui nenhum benefício a receber pela a Caixa, não será possível efetuar a solicitação do cartão cidadão.

Como Fazer?

Você pode adquirir o documento em qualquer agência da Caixa Econômica Federal. Basta apenas estar com os documentos pessoais e no caixa de autoatendimento realizar a solicitação.

Como Solicitar o Cartão Cidadão 2021?

Você pode solicitar o seu cartão social de duas maneiras:

  1. A primeira é através da central de atendimento pelo 0800 726 0207, a atendente virtual lhe passará todas as informações, basta seguir todas as instruções.
  2. A outra maneira é comparecer a qualquer agencia da Caixa Econômica Federal portando todos os documentos e solicitar o seu Cartão Caixa Cidadão. Em ambas formas de solicitação, você vai precisar do número do NIS é um documento original de identificação com foto. Depois de solicitar a emissão do documento em torno de 15 dias o mesmo fica pronto. Ao receber o seu cartão vai precisará comparecer a qualquer agencia da Caixa para cadastrar a sua senha pessoal.

Consulta Saldo Cartão Cidadão

Existem 3 maneiras de realizar a consulta cartão cidadão 2021, a primeira delas é:

Através do site da Caixa www.caixa.gov.br. Essa é uma das maneiras mais rápidas e prática. Pois você pode realizar a consulta da onde você quiser, é necessário apenas que realize um simples cadastro. Sendo assim será possível obter diversas informações referente aos seus extratos e saldos de diversos benefícios sociais.

Pelo o telefone basta ligar para 0800 726 0505, a ligação é gratuita e pode ser realizada de qualquer telefone convencional. É importante que tenha o seu número do NIS em mãos para que o atendimento seja mais rápido.

Você também pode comparecer a qualquer caixa de autoatendimento da Caixa e realizar a consulta de saldo na própria tela.

Segunda Via

Em caso de perda, roubo, extravio ou furto do seu cartão você pode contatar a central de atendimento da Caixa através do 0800 726 0505, e informar a atendente que o seu cartão foi roubado, extraviado, furtado ou que simplesmente perdeu. Sendo assim a Caixa irá efetuar todos os procedimentos administrativos cabíveis de solicitação de um novo cartão.

Renda Cidadã 2021

Renda Cidadã 2021 – Assim como o Bolsa Família, uma transferência de renda do governo federal para famílias carentes, os governos estaduais também criaram outras alternativas para ajudar famílias que estão na pobreza e que não tem condições de se sustentarem sozinhas. Uma dessas iniciativas é o Programa Renda Cidadã 2021, implementado por diversos governos estaduais, como São Paulo e Goiás.

O Renda Cidadã 2021 também funciona como transferência de renda para famílias pobres, distribuindo uma renda mensal para elas. A Renda Cidadã serve como uma complementação de renda para famílias que tem um salário de até um quarto do salário mínimo atual.

Renda Cidadã 2021
Renda Cidadã 2021

Quem tem direito a Renda Cidadã

Para ver se tem direito ou não ao programa, é preciso que a família saiba quais são as regras do mesmo e se enquadra nelas. Veja a seguir:

  • A família precisa morar no Estado de São Paulo;
  • A renda da família deve ser de no máximo um quarto do salário mínimo atual;
  • O responsável deve estar cadastrado no CadÚnico, um cadastro do governo federal comprovando a sua situação socioeconômica.

O programa Renda Cidadã é uma criação do governo estadual de São Paulo que tem o objetivo de ajudar famílias carentes que estão abaixo da linha da pobreza e combater a desigualdade social. Essa renda tem o intuito de garantir uma melhor qualidade de vida para essas pessoas. Para mais detalhes sobre o programa, confira a página oficial no site oficial do Governo de São Paulo.


Como se Inscrever no Renda Cidadã 2021

Para inscrever a sua família no Renda Cidadã 2021, é preciso que o membro responsável pela família vá até uma unidade do Centro de Referência de Assistência Social, conhecido como CRAS do Estado de São Paulo e leve documentos oficiais de todos os membros da família.

  • O responsável pela família deve comparecer ao CRAS portando os documentos de identificação de todos os membros de sua família;
  • Levar comprovantes de renda mostrando quais são as rendas de cada membro familiar;
  • Levar comprovante de matrícula escolar das crianças e adolescentes da família (caso houver);
  • Carteira de vacinação em dia das crianças e adolescentes da família.

VEJA TAMBÉM:


Valor da Renda Cidadã

Cada família ganha uma ajuda de custo pelo programa Renda Cidadã 2021 do Estado de São Paulo no valor de R$ 80 reais por mês. Esse valor pode ser acrescentado por outras ajudas de custo, desde que não ultrapasse o teto máximo estipulado por cada cidade.

O valor é depositado todo mês na conta informada no momento da inscrição no programa. Essa conta deve ser do responsável da família.


Cartão Renda Cidadã

Após o responsável cadastrar a sua família no programa Renda Cidadã, o seu pedido, juntamente com todos os documentos oficiais e comprovantes irão ser encaminhados para um órgão responsável do governo do Estado de São Paulo para aprovação ou não da família a receber o benefício.

Se a família for aprovada, vai chegar no endereço cadastrado um cartão Renda Cidadã para que o responsável possa sacar o seu benefício todo mês. O calendário da Renda Cidadã pode variar de acordo com o município que a família se encontra cadastrada.

Normalmente os saques são feitos nas agências do banco do Brasil. Para o saque o responsável deve levar um documento oficial com foto e o seu cartão Renda Cidadã para maior segurança do próprio membro e sua família, do programa e do governo de São Paulo.

Abono Natalino Bolsa Família 2021

É chegado o final do ano e diversas famílias estão se reunindo para celebrar a magia do natal com direito à uma ceia repleta de pratos deliciosos. No entanto, nem todas as pessoas tem condições para tal evento. Por isso, muitas famílias paraibanas que estão em situação de vulnerabilidade social têm direito ao Abono Natalino Bolsa Família 2021. Embora não seja um valor alto, o abono natalino pode servir para cobrir algumas despesas. Então, quer conhecer um pouco mais? Leia o artigo abaixo!

Abono Natalino Bolsa Família 2021
Abono Natalino Bolsa Família 2021

O que é Abono Natalino

O abono natalino do bolsa família é um tipo de bonificação destinada para as famílias cadastrado nesse programa que estão em situação de vulnerabilidade social. É uma espécie de décimo terceiro salário, embora não seja destinado à todos. O abono natalino do bolsa família é mantido pela Secretária de Desenvolvimento Humano da Paraíba, também conhecida pela sigla SDHP.

Para este ano, o Governo da Paraíba reservou uma verba de 16 milhões para o programa. Esse valor vai beneficiar um total de 506 mil famílias.

Como Funciona o Abono Natalino Bolsa Família

Na Paraíba são milhares de famílias contempladas com o abono natalino do Bolsa Família. O programa já está funcionando e o pagamento da primeira parte já foi efetuado no dia 02 de Dezembro pelo Banco Postal dos Correios. Já o pagamento da segunda parte já está acontecendo. Ele começou dia 11 e termina 22 de Dezembro. Portanto, no natal, todas as famílias já estarão com o valor em conta disponível para saque.

A ordem de pagamento do abono natalino do Bolsa Família é organizada por meio de uma tabela esquematizada de pagamento, cujo é levado em conta o último número do NIS.


Quem tem direito ao Abono Natalino

Tem direito ao abono natalino todos os beneficiários do programa Bolsa Família residentes no estado da Paraíba considerados em estado de maior vulnerabilidade social. Portanto, o abono natalino não abrange todos os beneficiários, apenas os que estão à margem da sociedade.

Caso tenha dúvida sobre sua situação, procure o centro de atendimento aos beneficiários do Bolsa Família em sua cidade. Muitas possuem uma sede de atendimento, já outras atendem na secretária de assistência social.

Valor do Abono Natalino Bolsa Família

O valor do abono natalino não é um dos mais altos, mas faz uma diferença no cotidiano das famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. Cada beneficiário receberá o valor de R$ 32 a mais no orçamento.


Como Receber o Abono Natalino Bolsa Família 2021

Para receber o abono natalino Bolsa Família 2021, o beneficiário deverá:

  • Se dirigir à uma agência dos Correios.
  • De segunda à sexta-feira, no período das 8 às 12 e 14 à 16 horas.

Entretanto, verifique a data de pagamento de acordo com o número final do NIS antes de ir à uma agência do banco postal. Em caso de dúvidas, verifique como consultar o número do NIS 2021.

Documentos para Receber o Abono Natalino

Para receber o seu benefício é preciso estar com alguns documentos em mãos, como:

  • CPF – Cadastro de Pessoa Física;
  • Documento de Identificação com Foto;
  • NIS – Cartão com o Número de Identificação Social.

Municípios que recebem o Abono Natalino Bolsa Família 2021

Nem todos os municípios tem direito ao Abono Natalino Bolsa Família 2021. Confira alguns deles abaixo:

  • Gurinhém;
  • Bayeux;
  • Frei Martinho;
  • Cuitegi;
  • Arara;
  • Livramento;
  • Manaíra;
  • Belém do Brejo do Cruz;
  • Lagoa de Dentro;
  • Igaracy;
  • Junco do Seridó;
  • Lucena;
  • Cachoeira dos Índios;
  • Itatuba;
  • Fagundes;
  • Barra de São Miguel;
  • Juru;
  • Cacimba de Areia;
  • Lagoa;
  • Entre outros.

Calendário de Pagamento Abono Natalino Bolsa Família 2021

Abaixo você poderá conferir o calendário de pagamento do abono natalino do Bolsa Família. Verifique o número final do NIS em seu cartão do bolsa família para saber a data certa.

  • Número final 1: 11 de dezembro
  • Número final 2: 12 de dezembro
  • Número final 3: 13 de dezembro
  • Número final 4: 14 de dezembro
  • Número final 5: 15 de dezembro
  • Número final 6: 18 de dezembro
  • Número final 7: 19 de dezembro
  • Número final 8: 20 de dezembro
  • Número final 9: 21 de dezembro
  • Número final 0: 22 de dezembro

Como Participar do Bolsa Família?

Para ter direito de receber o Abono Natalino primeiramente você precisa estar cadastrado no Bolsa Família. Sendo necessário:

  • Que as famílias atendam aos requisitos socioeconômicos determinados pelo Ministério do Desenvolvimento Social – MDS;
  • Solicitem o cadastro junto ao CadÚnico – Cadastro Único do seu município;
  • Sendo necessário realizar o recadastramento anual do Bolsa Família, para não perder o direito ao benefício.

Entre os objetivos do programa, está:

  • Combater a pobreza e outras formas de privação das famílias;
  • Promover o acesso à rede de serviços públicos, em especial, saúde, educação, segurança alimentar e assistência social;
  • Combater a fome e promover a segurança alimentar e nutricional.

Contato Bolsa Família

Se você tiver dúvidas sobre o Abono Natalino Bolsa Família, pode contatar o programa através do seguinte número:

  • 0800 726 0207.

Consulta Bolsa Família pelo CPF

O bolsa família é um benefício que auxilia diversas famílias de inúmeros estados a melhorar os impactos que a pobreza proporciona em famílias mais carentes, o cadastro do programa é mensalmente procurado por diversas outras famílias que vivem em situações de pobreza, para participar do programa e receber mensalmente o benefício, as famílias precisam atender alguns requisitos, o pagamento mensal do programa é realizado através da Caixa Econômica Federal. É possível consultar informações sobre o seu benefício de diversas formas, a primeira é através do cartão cidadão, se for correntista, você pode consultar através da sua conta, outra maneira de consultar o seu benefício é pela à internet ou realizar a consulta bolsa família pelo CPF.

O programa bolsa família é um dos programais mais importantes do Brasil, o mesmo é uma espécie de transferência de renda para as famílias que vivem no Brasil em condições de extrema pobreza.

Consulta Bolsa Família pelo CPF
Consulta Bolsa Família pelo CPF

Consulta Bolsa Família pelo CPF

Para consultar o seu benefício através do CPF é bem simples e fácil:

  • Acessar o site oficial do portal através do www.portaltransparencia.gov.br;
  • Selecione “Benefícios ao Cidadão” no painel Consultas Detalhadas;
  • Selecione o Estado e a Cidade desejada;
  • Agora basta selecionar o beneficiário de acordo com o CPF ou número do NIS para consultar o benefício.

Como Consultar o Bolsa Família

A consulta do bolsa família pode ser realizado pelo o número do seu CPF ou pelo o número NIS online, através do Portal Caixa Trabalhador você precisa ter em mãos os seus documentos pessoais. Confira como consultar:

  1. Acesse o portal SIBEC da Caixa Econômica Federal;
  2. Digite seu NIS e a senha do SIBEC;
  3. Após acessar o sistema, clique na guia “Bolsa Família”, na parte superior;
  4. Agora basta conferir o saldo e as datas de pagamento das parcelas do Bolsa Família.

Onde se Inscrever

O programa é requerido junto a Prefeitura de sua cidade, por meio da secretaria de desenvolvimento social. O programa bolsa família tem o objetivo de oferecer auxílio financeiro para amenizar a essas famílias os impactos da pobreza.

O bolsa família é um dos maiores programas de transferência de renda que ajuda milhares de famílias que vivem abaixo dos índices de pobreza.

Critérios de Renda do Programa Bolsa Família

Para participar do programa é necessário que a família interessada receba até R$ 140,00 reais de renda per capita. Os valores pagos as famílias podem variar de acordo com a renda mensal, pois o número de crianças e adolescentes também impacta nos recebíveis. Em geral o benefício vai de R$ 39,00 até R$ 385,00.

Quando a família é aceita no programa a mesma deve cumprir mensalmente todos os requisitos de participação, tais como:

  • Manter as crianças na escola;
  • Garantir frequência mínima de 75%;
  • Manter a carteira de vacinação em dia.

Quem tem Direito ao Bolsa Família?

Para ter direito ao bolsa família é preciso procurar a prefeitura de sua cidade junto ao MDS – Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à fome.

  • O programa é focado em famílias que vivem em extrema pobreza.
  • As famílias consideradas pobres são aquelas que recebem renda per capita que varia de R$ 70,01 até R$ 140,00 mensalmente;
  • Famílias as que tiverem em sua composição gestantes, integrantes crianças ou adolescentes com idade máxima de 17 anos, receberão um auxílio extra para cada membro que se enquadre nesses casos.

O cálculo é bem simples onde deve ser realizado a soma dos valores dos membros da sua residência ganham por mês, a soma dos salários é dividida pelo o número de pessoas da sua casa. Sendo assim, ao final temos o valor total da renda por pessoa.

Saldo Bolsa Família 2021

Saldo Bolsa Família 2021 – Até hoje, muitas famílias beneficiadas pelo programa não sabem como consultar o saldo Bolsa Família 2021. A consulta do extrato do benefício pode ser feita de diversas formas: Pela internet, pelo aplicativo da Caixa, ou pelo telefone da central de atendimento da Caixa Econômica Federal.

O pagamento do Saldo Bolsa Família 2021 é feito mensalmente as famílias assistidas pelo programa e que se encontram em situação financeira de extrema pobreza. Ainda que milhares de famílias brasileiras sejam assistidas pelo programa, muitas dessas ainda possuem diversas dúvidas sobre o funcionamento, desde as regras para a obtenção do beneficio até as formas de se realizar o saque.

Em primeiro lugar, o pagamento do Bolsa Família é feito através da Caixa Econômica Federal. Através de um cartão magnético é possível realizar a consulta do saldo e/ou extrato por meio dos caixas eletrônicos. Mas esse não é o único meio para se realizar a consulta. Existem outros bem acessíveis que podem facilitar a sua vida!

Saldo Bolsa Família 2021
Saldo Bolsa Família 2021

Saldo Bolsa Família 2021 – Como Consultar?

A Caixa Econômica Federal disponibiliza várias ferramentes para consultar o saldo Bolsa Família 2021. Você pode consultar pelo telefone, aplicativo, ou pelo portal cidadão.

O Governo Federal está sempre se esforçando para melhorar a inclusão social, e facilitar a vida de quem recebe programas como o Bolsa Família 2021, por isso já existem hoje diversas maneiras diferentes para consultar o saldo do Programa Social, muitas das quais, o beneficiário não precisa sequer sair de casa! Confira a seguir.

Consultar o Saldo com o Cartão

Existem dois tipos de cartão com o qual é possível fazer a consulta nas agências da Caixa Econômica Federal, Caixas eletrônicos e Casas Lotéricas – o Cartão Bolsa Família e o Cartão Cidadão.

Por ora, existem muitas pessoas que desconhecem a possibilidade de se utilizar este último cartão para esta finalidade, mas o mesmo é importante e através dele é possível consultar outros programas do Governo.

Através de Conta Corrente

Se você possui conta corrente na Caixa pode acessar sua conta e verificar o saldo através de seu cartão magnético como já faz normalmente. Mas é importante frisar que o beneficiário não é obrigado a ter uma conta corrente nessa agência. Entretanto, quem já possui e quiser vincular o beneficio em sua conta poderá contar com essa praticidade.

Pelo Site da Caixa

O banco disponibiliza uma pagina exclusiva para o Bolsa Família que é o seguinte endereço (https://www.beneficiossociais.caixa.gov.br/). Ao acessar você visualizará a “Tela de Identificação do Usuário” e precisará informar os seguintes dados:

  • NIS (Número de Identificação Social);
  • Senha (que é a mesma criada quando você solicitou o beneficio).

Depois é só clicar em “Enviar”. Note que existem dois outros botões “Cadastrar Senha Internet” e “Orientações para Cadastramento de Senha”. Ou seja, qualquer problema ou necessidade de alterar ou sanar alguma dúvida sobre sua senha terá como resolver por meio dessas duas opções.

Outra forma “virtual” de fazer a consulta do saldo do Bolsa Família é acessar diretamente o site da Caixa. Clique em “Programas Sociais” e, no canto direito superior em “Bolsa Família”.

Na nova página você, além de poder realizar a sua consulta ainda contará com diversas informações sobre o programa como, por exemplo, os tipos de beneficio, calendário, legislação e até as informações sobre como funciona e como se pode baixar o aplicativo do programa em seu celular.

Como Consultar pelo Aplicativo da Caixa

Recentemente foi disponibilizado pelo banco mais essa praticidade. Através do site da Caixa ou na loja de aplicativos do seu celular é possível baixar gratuitamente o app. O “Bolsa Família” está disponível para os principais sistemas operacionais: Android, iOS (Apple) e Windows Store.

Assim que instalar o aplicativo no seu aparelho será necessário informar o número do seu NIS. Assim que acessar você poderá ainda consultar o calendário de pagamentos, saber qual agência da Caixa está mais próximo de você, verificar a situação do seu beneficio e até consultar as ultimas parcelas do pagamento.

Viu como é simples e fácil? Você possui várias opções para escolher qual lhe é a melhor e mais adequada. Quer saber outras dicas e novidades? Cadastre o seu e-mail no formulário abaixo para receber GRÁTIS o nosso informativo. Até mais!

Seja Digital: Sorteio e Ganhadores

Sorteio Seja Digital – Em 2018 todas as televisões vão funcionar através do sinal digital, a grande notícia é que a era moderna está se aproximando. O sinal analógico vai ser desligado em breve, todas as televisões antigas precisaram de um conversor digital para garantir o funcionamento. Os beneficiários do programa bolsa família e outros programas de inclusão de renda social vão receber gratuitamente um kit digital afim de garantir a inclusão de todas as pessoas na nova realidade digital.

Muitas pessoas não sabem, mas os participantes do programa “seja digital”, concorrem a prêmios. Através do programa promoção instalação premiada, onde os participantes podem concorrer a uma TV de 50 polegadas e a vários prêmios no valor de R$ 500,00 toda a semana, basta se inscrever e participar.

Quem está de frente administrado e entrega dos kits é o portal SEJA DIGITAL, o mesmo também é responsável em realizar os sorteios semanais.

Sorteio Seja Digital
Sorteio Seja Digital

Como Participar?

Tem direito de participar do sorteio, qualquer indivíduo cadastrado em algum programa social, como por exemplo o Bolsa Família. Lembrando que é necessário que o NIS seja elegível ao programa.

Para participar do Sorteio Seja Digital é necessário realizar um simples cadastro no portal. Confira o passo a passo a seguir:

  • Acesse www.sejadigital.com.br/concorra;
  • Logo em seguida, informe o número do seu NIS e clique em consultar;
  • Atualize as suas informações cadastrais;
  • Informe o código de 5 dígitos, destinado a instalação, para descobrir o código, basta ligar o conversor e em seguida aperta ginga, em seguida clique no símbolo que aparecer na tela escrito “SEJA DIGITAL”.
  • Após realizar esse procedimento, aceite o regulamento, agora é só aguardar, ao finalizar o cadastro vai aparecer na sua tela escrito “PARABÉNS! Você agora está participando da promoção instalação premiada”.

Regulamento

Se você quiser ficar por dentro de todo o regulamento e os requisitos de participação, acesse www.sejadigital.com.br.

Sorteio Seja Digital

Caso você venha ser contemplado com o sorteio Seja Digital a equipe do programa Seja Digital vai entrar em contato com você, para confirmar a retirada do seu prêmio. Ao realizar o seu cadastro, informe um número de telefone ativo, para que a equipe não tenha problema durante a tentativa de contato.

Se em 48h a equipe não conseguir contato com você, ela irá lhe enviar um telegrama para o endereço cadastrado.

Os sorteios do Seja Digital, ocorreram nas seguintes datas:

  • 07/06/2017
  • 14/06/2017
  • 21/06/2017
  • 28/06/2017
  • 05/07/2017
  • 12/07/2017
  • 19/07/2017
  • 27/07/2017

Prêmio Seja Digital

Nas datas citadas acima, foram sorteadas 5 Tv’s de LED da marca Samsung de 40 polegadas. No último dia do cronograma (27/07) ocorreu o sorteio Seja Digital dos R$ 500 mensais, onde é entregue aos ganhadores um cartão pré-pago com o valor no período de 1 ano.

Para receber o KIT Seja Digital, você precisa apenas realizar o agendamento online no portal através do www.sejadigital.com.br.

Em breve o sinal analógico vai sumir, você precisa estar preparado (a) para uma nova era. Verifique no portal se você possui direito ao kit digital, beneficiados com os programas sociais do Governo Federal pode retirar o seu KIT gratuitamente.